Milho

São Paulo terá de comprar de fora 50% do milho consumido em 2021


Agência Estado - 31 ago 2021 - 11:28

A produção de milho em 2020/21 em São Paulo não será suficiente para suprir as necessidades do estado, aponta o Instituto de Economia Agrícola (IEA-Apta), em relatório divulgado em seu site.

São Paulo deve colher 4,2 milhões de toneladas de milho no total (safra de verão e safrinha), quantidade 16,2% menor em relação à safra anterior – o IEA lembra que principalmente a safra de inverno, semeada com atraso, sofreu quebras por causa de estiagem seguida de geadas.

Entretanto, o consumo paulista de milho perfaz 8,23 milhões de toneladas por ano, ou seja, há milho suficiente apenas para metade do necessário. “Isso requer que o estado de São Paulo adquira milho de outras unidades da Federação”, cita o IEA-Apta. “Estima-se que a aquisição paulista proveniente de outros estados totalize 4,91 milhões de toneladas, quantidade 12% maior em relação à importada em 2020”.

O segmento que mais consome milho no estado – e que provavelmente fará as maiores compras fora do território paulista – é o de avicultura de corte, com 40,2% do consumo, seguido da avicultura de postura e pela suinocultura, com 19,6% e 14,6%, respectivamente.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

Card image


x