PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Produção de milho em SC pode crescer 2,5 mi toneladas sem ampliação de área plantada


Agência Estado - 06 out 2021 - 12:23

A produção anual de milho em Santa Catarina pode aumentar em 2,5 milhões de toneladas caso as lavouras do estado atinjam 75% do potencial de produtividade, aponta o Projeto GYGAs SC, desenvolvido pela Epagri e a equipe FieldCrops, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Com o incremento, seria possível atender mais de 70% da demanda do estado pelo cereal, diz a Epagri em nota.

A pesquisa foi desenvolvida em 176 propriedades de 42 municípios catarinenses, dentro de uma iniciativa liderada pela Universidade de Nebraska (EUA) e Universidade de Wageningen, na Holanda, que se baseia no conhecimento da ecofisiologia das culturas e dos sistemas de produção.

Considerando as lavouras das regiões oeste, meio oeste e planalto norte de Santa Catarina, que representam aproximadamente 50% da área de produção de grão do estado, há uma diferença de 6,9 toneladas por hectare entre o potencial de produtividade e o rendimento médio das lavouras, segundo o levantamento.

A pesquisa revela que a data da semeadura para altas produtividades ocorre próximo ao dia 19 de setembro, enquanto lavouras com produtividades baixas, ou seja, inferiores a 4 t/ha, semeiam, de modo geral, 12 dias após as lavouras mais produtivas, com rendimento superior a 9,5 t/ha.

O estudo identificou ainda outros fatores que interferem nos ganhos de produtividade, como a densidade do plantio, correção adequada do solo, maior adubação com nitrogênio, rotação da cultura com soja ou feijão e maior número de pulverizações de inseticidas e fungicidas.

O pesquisador do Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Epagri-Cepaf) e coordenador do projeto na Epagri, Leandro Ribeiro, disse que os resultados são parciais e que a pesquisa será continuada na safra 2021/22 de milho.

Santa Catarina é responsável por 50% da exportação nacional de carne suína e por 30% da carne de frango vendida ao exterior, lembra a Epagri. A demanda por milho no estado é de 7 milhões de toneladas por ano, enquanto a produção média anual é de 2,8 milhões de toneladas.

Clarice Couto


PUBLICIDADE BASF GIGA INTERNAS BASF GIGA INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x