PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Milho

Preços do milho recuam em Chicago diante de clima da América do Sul; B3 tem alta


Reuters - 11 jan 2022 - 08:22

Os contratos futuros do milho caíram nesta segunda-feira, 10, com previsões de chuvas muito necessárias em áreas secas da América do Sul, junto com uma longa liquidação antes de vários relatórios importantes do governo dos EUA para o meio da semana, disseram analistas.

Na bolsa de Chicago, os futuros do milho para março fecharam com recuo de 7 centavos de dólar, a US$ 5,9975 por bushel.

Os traders observavam as perspectivas de umidade benéfica no período de seis a 10 dias em áreas secas do Sul do Brasil e da Argentina. “Devemos ver uma mudança na atual tendência seca”, disse o sócio do EFG Group em Chicago, Tom Fritz. “As previsões são mais úmidas no final da semana, no fim de semana e no início da próxima semana”.

Os operadores ainda se desfizeram de posições compradas (vendo alta) no milho e na soja contra o trigo.

Já na bolsa brasileira B3, o contrato do milho com vencimento em janeiro subiu 0,11%, ou R$ 0,10, encerrando o dia a R$ 94,30 por saca de 60 kg. Por sua vez, o março teve uma alta de 0,56%, sendo negociado a R$ 98,15 por saca.

Julie Ingwersen
Com reportagem de Michael Hogan e Naveen Thukral; informações adicionais NovaCana


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE


x