PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Preços do milho oscilam em Chicago com mercado atento ao clima dos Estados Unidos


Reuters - 04 ago 2022 - 07:35

Os futuros de milho negociados nos Estados Unidos flutuaram nesta quarta-feira, 3, registrando queda após as previsões climáticas de curto prazo indicando chuva no Meio-Oeste, o que deve aliviar as safras estressadas.

“Essas chances de chuvas dispersas continuam esta semana, à medida que o milho termina a polinização e a soja começa a amadurecer”, disse o diretor de informações de mercado da corretora StoneX, Matt Zeller, em nota aos clientes.

Mas as perdas foram limitadas pelas perspectivas para a segunda quinzena de agosto, que mostram que as áreas sul e oeste do cinturão agrícola americano voltarão a condições quentes e secas.

Na Bolsa de Chicago, o contrato de milho com vencimento em dezembro acabou encerrando o dia com alta de 0,34%, ou US$ 0,20, indo para US$ 5,9625 por bushel.

O primeiro navio de grãos a deixar um porto marítimo ucraniano desde o início da guerra foi inspecionado na Turquia nesta quarta-feira, antes de sua viagem ao Líbano, mas o presidente ucraniano, Volodymr Zelenskiy, disse que isso era apenas uma fração do que Kiev precisava exportar.

“A direção do preço dependerá de quanto trigo e milho realmente sairão da Ucrânia nas próximas semanas”, disse um trader de Singapura.

Na bolsa brasileira B3, o movimento foi novamente de leve elevação. O contrato de milho para setembro subiu 0,29%, para R$ 85,90 por saca de 60 quilos, enquanto o com vencimento em novembro teve alta de 0,23%, indo a R$ 88,01 por saca.

Mark Weinraub
Com reportagem de Gus Trompiz e Naveen Thukral; informações adicionais NovaCana


PUBLICIDADE BASF GIGA INTERNAS BASF GIGA INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x