PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Preços dos futuros de milho sobem em Chicago, mas registram leve queda na B3


Reuters - 14 jul 2022 - 07:26

Os contratos futuros de milho subiram 1,5% nesta quarta-feira, 13, apoiados por preocupações de que o clima quente e seco no Meio-Oeste dos Estados Unidos possa reduzir os rendimentos das colheitas, disseram traders.

Os ganhos no milho, que fecharam em alta pela quinta vez em seis sessões, ocorreram enquanto a safra dos EUA se aproxima de sua fase crucial de desenvolvimento de polinização.

“O calor intenso está aumentando nas planícies, que devem pulsar periodicamente mais fundo no Meio-Oeste nas próximas semanas”, disse o economista-chefe de commodities da corretora StoneX, Arlan Suderman, em nota aos clientes.

Na bolsa de Chicago, os futuros de milho de dezembro, que acompanham a safra que está sendo cultivada nos campos, fecharam em alta de 8,75 centavos, a US$ 5,9525 por bushel.

Já na bolsa brasileira B3, os movimentos foram mistos, mas com variações leves. O contrato de milho para setembro caiu 0,06%, para R$ 85,60 por saca de 60 quilos, enquanto o com vencimento em novembro teve queda de 0,18%, indo a R$ 87,61 por saca.

Mark Weinraub
Com reportagem de Gus Trompiz e Naveen Thukral; informações adicionais NovaCana


PUBLICIDADE BASF GIGA INTERNAS BASF GIGA INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x