Milho

Preço do milho sobe em Chicago impulsionado por exportações dos Estados Unidos


Reuters - 18 nov 2022 - 07:25

Os contratos futuros de milho negociados na Bolsa de Chicago fecharam em ligeira alta nesta quinta-feira, 17, com o apoio de fortes exportações dos Estados Unidos compensando a pressão inicial de um acordo para estender um corredor para exportações de grãos da Ucrânia devastada pela guerra.

O milho com vencimento em dezembro fechou em alta de 2,25 centavos de dólar, a US$ 6,675 por bushel, recuperando-se após atingir uma mínima de US$ 6,5475.

O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) informou que as exportações de milho na semana encerrada em 10 de novembro somaram 1,17 milhão de toneladas, em direção ao limite superior das expectativas comerciais de 700 mil a 1,5 milhão de toneladas.

O acordo do Mar Negro destinado a aliviar a escassez global de alimentos, facilitando as exportações agrícolas da Ucrânia de seus portos do sul, foi prorrogado por 120 dias, embora Moscou tenha dito que suas próprias demandas ainda não foram totalmente atendidas.

Na bolsa brasileira B3, o movimento também foi de elevação. Os futuros de milho para janeiro de 2023 subiram 0,81%, para R$ 87,91 por saca de 60 quilos, enquanto o contrato para março teve alta de 0,87%, sendo negociado a R$ 91,25 por saca.

Julie Ingwersen
Com informações adicionais NovaCana


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x