PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Planos da China para a importação de milho norte-americano ainda não são claros


Reuters - 07 fev 2022 - 07:40

A notificação do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês), na quinta-feira, 3, de que a China havia cancelado a compra de 380 mil toneladas de milho de safra antiga dos EUA não era a notícia que os “altistas” do mercado do cereal queriam ouvir.

Esse é o maior cancelamento de milho nos EUA em um único dia de qualquer comprador em pelo menos sete anos.

As intenções de demanda futura da China não são claras há algum tempo, mas o tempo desde sua última grande compra nos EUA está se aproximando de desconfortáveis nove meses.

O adido do USDA em Pequim e o Ministério da Agricultura da China estimam as importações chinesas de milho em 2021/22 em 20 milhões de toneladas, contra o valor do ano passado de quase 30 milhões, embora a visão oficial do USDA seja maior, de 26 milhões.

As vendas finais de milho dos EUA para a China em 2020/21 totalizaram 22,5 milhões de toneladas, mas a perspectiva já chegou a 23,4 milhões, mostrando um precedente para o cancelamento da última semana.

Até 27 de janeiro, as vendas para a China para 2021/22 totalizaram 12,4 milhões de toneladas, bem abaixo dos 17,7 milhões do ano anterior.

A China não tem milho dos EUA nos agendamentos para 2022/23, mas suas compras de 2021/22 não começaram até maio de 2021.

Em 27 de janeiro, os exportadores dos EUA haviam vendido 1,45 milhão de toneladas de milho para 2022/23, uma máxima de oito anos para a data. Quase tudo isso decorre das vendas para o tradicional e principal comprador, o México.

Na maioria dos anos, os clientes de milho dos EUA não aceleram as encomendas de novas safras até junho ou julho.

As vendas totais de milho 2021/22 em 27 de janeiro ficaram em 45,1 milhões de toneladas, ou cerca de 73% da meta do USDA, melhor do que a média de 10 anos de 66%, mas abaixo dos 85% do ano passado.

Karen Braun

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x