PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Milho

Milho recua em Chicago após USDA provocar rali com preocupações de oferta


Reuters - 16 mai 2022 - 07:23

Os futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago recuaram nesta sexta-feira, 13, um dia depois de subir com as previsões do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) que indicavam um aperto na oferta global.

Traders obtiveram alguns lucros antes do fim de semana e com expectativas de que os agricultores dos EUA estão avançando no plantio de milho, graças ao melhor clima da safra do Meio-Oeste americano, disseram analistas.

O USDA deve divulgar uma atualização semanal sobre o progresso do plantio na segunda-feira, 16.

Mas os mercados continuam nervosos com a oferta restrita de grãos devido ao déficit global e à invasão russa da Ucrânia, um grande exportador de trigo e milho, disseram analistas.

“Há tolerância zero para problemas de safra nos EUA neste verão”, disse o analista Tomm Pfitzenmaier, da Summit Commodity Brokerage em Iowa, sobre o milho.

Na bolsa de Chicago, o contrato de milho mais ativo fechou em queda de 10,25 centavos de dólar, a US$ 7,8125 por bushel.

Por sua vez, na bolsa brasileira B3, os futuros do milho para maio caíram 0,24%, para R$ 86,71 por saca de 60 quilos. Já o contrato com vencimento em julho teve queda de 1,48%, fechando o dia a R$ 95,15 por saca.

Tom Polansek
Com reportagem de Gus Trompiz; informações adicionais NovaCana


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x