Milho

Milho cai em Chicago com chuvas na América do Sul e pressão técnica


Reuters - 22 out 2021 - 07:21

Os contratos futuros do milho em Chicago caíram nesta quinta-feira, 21, com os preços do petróleo mais fracos e um dólar mais firme. Ainda assim, eles foram apoiados por um relatório diário de exportação e custos mais altos de insumos no próximo ano.

Na bolsa de Chicago, o contrato mais ativo do milho perdeu 7 centavos de dólar, fechando em US$ 5,3225 por bushel.

As safras da América do Sul parecem se beneficiar das chuvas previstas na Argentina e no Brasil nos próximos seis a dez dias.

“Se você está colocando um pouco de umidade no subsolo do Brasil, isso vai fazer maravilhas por eles em sua safra de grãos”, disse a chefe de operações da empresa de consultoria Van Ahn and Company, Kristi Van Ahn-Kjeseth.

Na bolsa brasileira B3, o contrato do milho com vencimento em novembro caiu R$ 0,42, ou 0,47%, encerrando o dia a R$ 88,41 por saca de 60 kg. Já o janeiro teve uma baixa de 0,29%, sendo negociado a R$ 88,35 por saca.

Christopher Walljasper
Com reportagem de Naveen Thukral e Sybille de la Hamaide; informações adicionais NovaCana