PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Milho avança em Chicago após piora na avaliação da safra dos Estados Unidos


Reuters - 29 jun 2022 - 07:25

Os contratos futuros de milho de Chicago subiram nesta terça-feira, 28, depois que um relatório do governo dos Estados Unidos mostrou que as classificações de qualidade para o cereal caíram mais do que o esperado, levantando preocupações sobre a safra do Meio-Oeste, que se aproxima de uma importante fase de desenvolvimento de polinização.

Em um relatório divulgado após o fechamento do mercado na segunda-feira, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) cortou sua avaliação da safra de milho do país para 67% em condição boa a excelente, uma queda de 3 pontos percentuais comparada à semana anterior, e reduziu a avaliação para a safra de soja em condição boa/excelente em 3 pontos, para 65%.

“É um dos dois ou três principais relatórios do ano, e eu esperaria uma enorme volatilidade nos preços de mercado depois que eles saírem”, disse o presidente da US Commodities, Don Roose.

Na bolsa de Chicago, o contrato de milho mais ativo fechou o dia em alta de 6,25 centavos de dólar, a US$ 6,5925 por bushel.

Já na bolsa brasileira B3, os futuros tiveram uma ligeira elevação. O contrato de milho para julho subiu 0,3%, para R$ 86,15 por saca de 60 quilos, enquanto o com vencimento em setembro teve alta de 0,12%, indo a R$ 88,37 por saca.

P.J. Huffstutter
Com reportagem de Gus Trompiz, Hallie Gu e Dominique Patton; informações adicionais NovaCana


PUBLICIDADE BASF GIGA INTERNAS BASF GIGA INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x