Milho

Milho avança na Bolsa de Chicago por conta de questões sobre oferta do Mar Negro


Reuters - 21 set 2022 - 07:42

Os contratos futuros do milho subiram nesta terça-feira, 20, na Bolsa de Chicago, sustentados por novos temores sobre a oferta do Mar Negro em meio à guerra na Ucrânia, disseram traders.

O contrato mais ativo do milho subiu 13,75 centavos de dólar, para US$ 6,92 por bushel, depois de atingir US$ 6,935, seu maior nível desde 13 de setembro.

As preocupações com os embarques do Mar Negro aumentaram depois que líderes russos instalados em áreas ocupadas de quatro regiões ucranianas estabeleceram planos para referendos sobre a adesão à Rússia nesta semana.

Além disso, o milho também foi apoiado pela piora na condição da safra nos Estados Unidos e pelo progresso mais lento do que o esperado na colheita do país.

A colheita de milho estava 7% concluída no domingo, disse o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), após o fechamento do mercado de segunda-feira, abaixo de uma estimativa média de 10% em uma pesquisa da Reuters.

Já na bolsa brasileira B3, o contrato do milho para novembro subiu 0,76%, para R$ 89,69 por saca de 60 quilos; já o com vencimento em janeiro de 2023 teve alta de 0,29%, indo a R$ 93,26 por saca.

Christopher Walljasper
Com reportagem de Gus Trompiz e Enrico Dela Cruz; informações adicionais NovaCana


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x