Milho

IBGE reduz projeção para milho de segunda safra, mas segue esperando recorde


Agência Estado - 07 jul 2022 - 11:52

O Brasil deve colher mais milho este ano, com previsão de alcançar novo recorde, segundo os dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de junho, divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A produção nacional de milho foi estimada em 111,2 milhões de toneladas, com crescimento de 26,7% ante 2021. A lavoura de milho de primeira safra deve somar 25,8 milhões de toneladas, um aumento de 0,5% em comparação com 2021.

O milho de segunda safra, por sua vez, deve totalizar 85,4 milhões de toneladas, aumento de 37,4% ante 2021. Apesar disso, houve uma redução de 1,1% em relação à projeção feita em maio.

“O milho foi [afetado por] condições climáticas, principalmente no Paraná. O problema de excesso de chuvas está trazendo algumas doenças”, disse o gerente da pesquisa do IBGE, Carlos Alfredo Guedes.

Daniela Amorim


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x