Milho

IBGE prevê safra de milho de 105,9 milhões de toneladas em 2022


Agência Estado - 12 nov 2021 - 07:41

A safra agrícola de 2022 deve totalizar 270,7 milhões de toneladas, alta de 7,8% em relação à estimativa de 2021, ou 19,5 milhões de toneladas a mais. Se confirmada, será um novo recorde histórico. Os dados são do primeiro Prognóstico para a Safra Agrícola divulgado nesta quinta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2021, a safra alcançou 251,2 milhões de toneladas, resultado 1,2% menor do que o de 2020, de acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de outubro. O resultado de outubro ficou 0,1% maior em relação à estimativa divulgada em setembro, ou 236,1 mil toneladas a mais.

A estimativa da área a ser colhida pelos produtores agrícolas brasileiros em 2021 é de 68,5 milhões de hectares, com alta de 4,6% frente a 2020.

Soja e milho

As safras de soja e de milho explicam a projeção de um novo recorde histórico da produção agrícola para 2022, conforme o primeiro Prognóstico para a Safra Agrícola. No levantamento do IBGE, a safra de soja somará 135,2 milhões de toneladas em 2022, 0,8% acima de 2021.

Já o milho de primeira safra somará produção de 28,7 milhões de toneladas em 2022, alta de 11,1% ante 2021. O milho de segunda safra, por sua vez, deverá registrar alta de 26,8% na produção de 2022, para 77,2 milhões de toneladas. No total, serão 105,9 milhões de toneladas.

Segundo o IBGE, o ano agrícola não atrasou, com o plantio da soja sendo realizado, em sua maior parte, na época normal, o que pode favorecer a “janela de plantio” para o milho segunda safra.

Bruno Villas Bôas


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x