PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Geadas ameaçam causar mais perdas no milho da Argentina, diz bolsa


Reuters - 01 abr 2022 - 07:51

As recentes geadas precoces em regiões agrícolas da Argentina podem gerar mais perdas no milho para a safra 2021/22, que já sofreu cortes drásticos de produção devido a uma seca prolongada, informou a Bolsa Cereais de Buenos Aires nesta quinta-feira em seu relatório semanal de safra.

A Argentina é o segundo maior exportador mundial de milho. No entanto, devido à seca entre dezembro e janeiro, a bolsa reduziu sua previsão de colheita em 7 milhões de toneladas – atualmente, a produção está estimada em 49 milhões de toneladas.

A bolsa explicou que as geadas dos últimos dias, pouco mais de uma semana antes do final do verão meridional, comprometem a produtividade do milho tardio, que ainda está em fase de desenvolvimento. A colheita de cereais avançou 14,4% até quarta-feira.

Maximilian Heath


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x