PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Cultivo do milho de segunda safra atinge 71,8% da área em Mato Grosso do Sul


Enfoque MS - 26 abr 2022 - 07:42

O plantio do milho da segunda safra em Mato Grosso do Sul está adiantado, segundo o boletim semanal divulgado pelo Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga) da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja-MS). A plantação já chega a 71,8% da área estimada para este ano no calendário agrícola.

Segundo levantamento realizado pela Granos Corretora, o milho deve ocupar uma área de 1,992 milhão de hectares, considerando uma retração de 12,6% em relação a área da segunda safra de 2020/21. A produtividade estimada é de 78,13 sacas por hectare, gerando uma expectativa de produção de 9,34 milhões de toneladas.

Ainda de acordo com o levantamento, o preço da saca do milho em Mato Grosso do Sul, desvalorizou 1,71% entre 11 e 18 de abril e foi negociada ao valor médio de R$ 75,50. Segundo a Granos Corretora, até 11 de abril, Mato Grosso do Sul já havia comercializado 13,2% do milho de segunda safra 2022, valor que está abaixo do índice visto em igual período de 2021.

Conforme as informações apresentadas, fatores como a alta demanda por grãos podem impulsionar o aumento da área plantada de milho. Além disso, o prognóstico climático demonstra grande variação das chuvas ao decorrer da safra e, por isso, o produtor pode ter vários problemas ao efetuar a semeadura fora da janela recomendada do Zoneamento Agrícola de Risco Climático.

Em alguns solos argilosos, o plantio pode ser executado com 40% de risco. Com isso, segundo a assistência técnica, muitos produtores devem optar por culturas de exigem menor demanda hídrica.

André Farinha


PUBLICIDADE BASF GIGA INTERNAS BASF GIGA INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x