PUBLICIDADE
ARMAC
Milho

Colheita da segunda safra de milho atinge 20% no Centro-Sul, aponta AgRural

Há uma semana, índice era de 12%; um ano atrás, por sua vez, ele era de 35%


Agência Estado - 12 jul 2021 - 12:09

A colheita da segunda safra de milho 2021, também chamada de safrinha, atingiu na quinta-feira, 8, 20% da área cultivada no Centro-Sul do Brasil, informa a consultoria AgRural.

Os trabalhos de campo avançaram 8 pontos porcentuais na comparação semanal, mas os efeitos do atraso no plantio ainda são nítidos, com a colheita do cereal tendo atingido 35% no mesmo período do ano passado.

“O tempo firme da semana passada favoreceu a colheita da safrinha de milho 2021. Apesar de as temperaturas mais baixas em algumas regiões ainda terem dificultado a perda de umidade dos grãos, a ausência de chuvas contribuiu para agilizar os trabalhos”, afirma a consultoria, em seu levantamento semanal.

De acordo com os dados, o estado mais acelerado na colheita é Mato Grosso, mas o ritmo também avança em Goiás, São Paulo e Minas Gerais. Em outras regiões, como Paraná e Mato Grosso do Sul, onde as geadas das últimas semanas afetaram as lavouras, produtores ainda calculavam as perdas e se preocupam com as previsões de chuvas, que podem agravar os problemas, disse a AgRural.

A produção do milho safrinha neste ano está estimada em 54,6 milhões de toneladas no Centro-Sul, depois que analistas fizeram um novo corte nas estimativas, em função das condições climáticas adversas. No Brasil, a perspectiva é de 59,1 milhões de toneladas. Em 2020, a produção somou 70,5 milhões de toneladas no Centro-Sul e 75,1 milhões de toneladas no país.

Julliana Martins


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x