Milho

[Cepea] Após oito semanas em queda, preços do milho reagem no mercado à vista


Cepea/Esalq - 29 nov 2021 - 10:34

Depois de caírem por oito semanas consecutivas, os preços do milho voltaram a subir na maior parte das regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq-USP.

Entre 19 e 26 de novembro, especificamente, Indicador Esalq/BM&FBovespa teve alta de 1,1%, fechando a R$ 83,72 por saca de 60 kg na sexta-feira, 26.

Nos portos de Santos (SP) e de Paranaguá (PR), os valores foram influenciados pelo alto patamar do dólar – especialmente no início da última semana – e pelos avanços nos futuros externos.

No interior do país, vendedores atentos a este cenário e, também, ao menor volume de chuvas em novembro – que gera certa preocupação quanto ao desenvolvimento da safra de verão – afastaram-se do mercado à vista nacional, à espera de intensificação do recente movimento de alta nos preços.

Além disso, compradores de grande parte das praças acompanhadas pelo Cepea se mostram abastecidos, o que limitou o avanço dos valores. Diante disso, o ritmo de comercialização tanto no interior como nos portos ainda esteve lento e abaixo do observado em anos anteriores.

No campo, mesmo com a redução das chuvas ao longo de novembro e das consequentes preocupações, o desenvolvimento das lavouras da safra de verão segue satisfatório, segundo os pesquisadores.


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x