PUBLICIDADE
boletim boletim
Milho

Bolsa eleva previsão de safra de milho 2021/22 da Argentina para 52 milhões de toneladas


Reuters - 19 ago 2022 - 07:30

A produção argentina de milho, cuja colheita está prestes a terminar, será de 52 milhões de toneladas na temporada 2021/22, acima dos 49 milhões previstos anteriormente, devido a um reajuste no cálculo da área destinada ao cereal, informou nesta quinta-feira, 18, a Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

Na quarta-feira, a bolsa elevou a projeção da área plantada com milho 2021/22 para 7,7 milhões de hectares, ante 7,3 milhões estimados anteriormente. A Argentina é o terceiro maior exportador mundial de milho, atrás dos Estados Unidos e Brasil.

Em seu relatório semanal de safra, a bolsa destacou que as condições predominantemente secas da última semana favoreceram as tarefas de colheita, que já estão em fase final.

“A queda na umidade dos grãos impulsionou a colheita em províncias como Chaco e Salta. Logo, houve um avanço semanal na colheita de 8,1 pontos percentuais e já foram colhidos 97,9% da área apta em todo o país”, disse a bolsa.

Em relação ao milho do ciclo 2022/23, cujo plantio terá início nas próximas semanas, a Bolsa de Cereais estimou na quarta-feira a área em 7,5 milhões de hectares, abaixo da área da campanha atual, devido à queda na rentabilidade da cultura e baixa umidade no solo.

Nicolás Misculin


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x