PUBLICIDADE
ARMAC
Internacional

UE subsidiará preços de combustíveis para população em meio à crise na Ucrânia


Reuters - 16 mar 2022 - 08:45

Os ministros das finanças da União Europeia concordaram nesta terça-feira, 15, em subsidiar os preços dos combustíveis para cidadãos e oferecer apoio às empresas atingidas pelo aumento dos preços de energia resultante da guerra na Ucrânia, disse o ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire.

“A estratégia é baseada em três aspectos-chave. Primeiro, o apoio a todas as famílias afetadas pela forte elevação dos preços dos combustíveis. Fizemos isso na França e muitos outros países europeus fizeram o mesmo, ou estão pensando em fazer isso”, afirmou Le Maire.

A segunda medida de apoio é a ajuda às empresas mais afetadas pela alta dos preços do gás, expostas à concorrência internacional ou ao mercado russo.

A terceira é a diversificação de fontes energéticas para tornar a UE independente da Rússia, a maior fornecedora de energia do bloco, responsável por 45% do gás usado, mais de um quarto do petróleo e metade do carvão.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, disse que os países da UE podem financiar esse investimento com empréstimos muito baratos disponíveis sob o fundo de recuperação do bloco que permanecem inexplorados.


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x