PUBLICIDADE
boletim boletim
Internacional

Governo Biden não deve elevar mistura de biocombustíveis, acredita Capital Economics


Agência Estado - 06 ago 2021 - 07:37

Um possível aumento das exigências de mistura de biocombustíveis nos Estados Unidos beneficiaria os preços do milho, mas tal decisão é improvável, disse a Capital Economics. Nos EUA, o etanol é feito principalmente com o grão.

Para a consultoria, o governo de Joe Biden não deve implementar uma medida que aumentaria os preços da gasolina para os consumidores antes das eleições de meio de mandato de 2022.

“Acreditamos que a demanda por milho nos EUA continuará estável nos próximos 18 meses, com as exigências de mistura de biocombustíveis ficando inalteradas”, disse a empresa. “Como resultado, o mercado global (de milho) terá um superávit, o que reforça nossa visão de que o preço do milho cairá para US$ 4,50 por bushel até o fim de 2022, dos cerca de US$ 5,50 atualmente”.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x