PUBLICIDADE
boletim boletim
Internacional

Com inflação em alta, Argentina muda precificação de biocombustíveis


Reuters - 26 out 2022 - 07:35

O governo argentino estabeleceu novos critérios para fixar o valor do etanol à base de cana-de-açúcar e milho misturado à gasolina para consumo doméstico, informou o diário oficial do país nesta terça-feira, 25.

A medida visa ajustar os preços em linha com a forte alta da inflação no país, que pode ultrapassar 100% este ano.

A secretaria de energia do Ministério da Economia disse na resolução que os preços “serão atualizados de acordo e proporcionalmente à variação do preço da gasolina na bomba”.

A resolução propunha a possibilidade de mecanismos alternativos de precificação em casos de discrepâncias substanciais com os custos de produção do biocombustível.

Segundo dados da secretaria, o valor do etanol de cana-de-açúcar é 88,24 pesos por litro, enquanto o preço do etanol de milho está sendo negociado a 107,411 pesos por litro.

As exportações de biocombustíveis da Argentina estão a caminho de bater um recorde este ano, disse um relatório recente da consultoria Investigaciones Económicas Setoriales (IES).

“Em 2022, a atividade do setor mostrará um aumento na produção e nas vendas tanto de biodiesel quanto de etanol”, afirmou.

Hernan Nessi

Tags: Argentina

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x