Usinas

Vale do Paraná cancela incentivo fiscal para projeto de irrigação

Usina alterou planos e solicitou o fim do benefício depois de adquirir os equipamentos necessários


NovaCana - 29 nov 2022 - 15:08

A Vale do Paraná solicitou o cancelamento do seu incentivo fiscal destinado ao projeto de irrigação de seus canaviais. A companhia de Suzanápolis (SP) pertencia ao grupo Pantaleon, mas teve sua compra pela Companhia Melhoramentos do Norte do Paraná (CMNP) aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em junho deste ano.

Mas, dois anos antes da troca de controle, a usina tinha recebido uma isenção do pagamento dos impostos PIS/Pasep e Cofins para um projeto de irrigação. Em março do ano passado, o escopo foi ampliado, com investimentos previstos de R$ 40,5 milhões.

A perspectiva era de que o valor seria aplicado em até cinco anos, podendo ser utilizado para a compra, a locação e a importação de bens e serviços. Na época, a estimativa da desoneração fiscal era de R$ 3,75 milhões.

De acordo com o diretor administrativo da CMNP, Marcelo Fernandes de Oliveira, o Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi) solicitado pela Vale do Paraná, incluía um projeto com 12 módulos de irrigação. No fim de 2021, entretanto, a empresa protocolou um novo pedido de alteração.

Saiba mais sobre como o projeto foi concluído e quais foram os investimentos realizados, além de informações sobre a área irrigada da Vale do Paraná e as perspectivas de moagem da companhia no texto completo (exclusivo para assinantes NovaCana).


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x