Usinas

Usina Cevasa processa safra recorde e expande moagem em 9% em 2019/20


Agência Udop de Notícias - 11 dez 2019 - 07:23

A Central Energética Vale do Sapucaí (Cevasa), de Patrocínio Paulista (SP), comemorou a maior moagem de cana de sua história no último dia 29 de novembro. Na safra 2019/20, a companhia, que é associada à União Nacional da Bioenergia (Udop), processou 2,45 milhões de toneladas de cana, um incremento de 9% no comparativo com 2018/19.

Com um mix de produção voltado mais para o etanol, a Cevasa produziu 110,31 mil toneladas de açúcar, 22,99 milhões de litros de etanol anidro e 113,09 milhões de litros de etanol hidratado – outro recorde para a companhia. Além disso, 107,3 GWh foram exportados para a rede elétrica.

A Cevasa ainda divulgou um incremento de 3% na quantidade de açúcar por hectare em relação à safra anterior. Para atingir esse resultado, de acordo com o diretor geral da Cevasa, Luiz Paulo Sant’Anna, os investimentos se concentraram na formação, no desenvolvimento e na capacitação das equipes. Também foram feitos aportes para a substituição dos ativos de colheita de baixa performance e para a implementação da aplicação de vinhaça enriquecida localizada na soqueira, além de aplicação de composto orgânico (torta de filtro e cinza).

“Para a safra 2020/21 estamos estimando processar 2,5 milhões de toneladas de cana, além de continuar evoluindo na garantia dos processos seguros, melhorando ainda mais a qualidade nas atividades, realizando custos competitivos”, destacou Sant’Anna.

Na atual temporada, a usina trabalhou com 75% da cana vinda de fornecedores e 25% de cana própria (parceria). Os planos da diretoria são de estabilizar a oferta com 60% de matéria-prima de fornecedores e 40% por meio de parcerias. Desta forma, os planos de crescimento envolvem a expansão da cana própria, diminuindo a necessidade de contratação de cana spot.

A usina, que tem capacidade para até 2,6 milhões de toneladas por safra, planeja iniciar a próxima temporada no dia 1º de abril de 2020.

Rogério Mian