PUBLICIDADE
BN novacana 1300x150
Usinas

Tereos inicia safra 2022/23 com expectativa de moer 17 milhões de toneladas de cana


Tereos - 04 mai 2022 - 14:13

A Tereos anunciou nesta quarta-feira, 4, que inicia a safra brasileira de cana-de-açúcar 2022/23 com expectativa de processar 17 milhões de toneladas. O mix de produção da companhia deve continuar mais açucareiro, sendo que 65% devem ser destinados para a produção de açúcar e 35%, para etanol.

A companhia também começa a temporada com o que classifica como um “bom nível” de fixação de preços para o período, acima do que foi registrado na safra 2021/22, e que pode se manter para 2023/24.

“Temos uma perspectiva mais otimista, dadas as condições climáticas menos desafiadoras e preços de commodities em alta no momento. Com flexibilidade para trabalharmos nosso mix de produção, podemos nos adaptar a diferentes cenários”, comenta o diretor-presidente da Tereos no Brasil, Pierre Santoul.

A agenda ESG (sigla em inglês para Ambiental, Social e de Governança), considerada pela empresa como fundamental para seu crescimento sustentável, continua entre as prioridades da Tereos. A companhia afirma que tem investido constantemente no aperfeiçoamento de suas operações, especialmente em relação à sustentabilidade, operando na lógica da economia circular da cana.

“Iniciamos uma nova safra com uma perspectiva otimista e mantendo o foco nos pilares que nos movem em busca de um futuro mais sustentável. Somos uma das empresas líderes do setor sucroenergético do país e nossa experiência e expertise nos permitem valorizar ao máximo nossa matéria-prima e atender as principais necessidades da sociedade por meio de processos sustentáveis. Acreditamos em uma constante evolução e estamos preparados para enfrentar os desafios dessa nova safra”, afirma Santoul.

Além disso, a Tereos aponta que segue acreditando no potencial do etanol e em sua importância para a economia de baixo carbono. Recentemente, a empresa conquistou a certificação do Conselho de Qualidade do Ar da Califórnia (Carb), que permite a comercialização de etanol para o estado norte-americano, reforçando o baixo teor de emissão de gases de efeito estufa (GEEs) em sua produção do biocombustível.

Ainda segundo a empresa, a unidade de Tanabi (SP) obteve o melhor resultado de índice de intensidade de carbono entre os produtores certificados de etanol de cana-de-açúcar do país.

Investimentos

Em 2022, a Tereos completa dois anos do seu primeiro financiamento verde. A companhia afirma que já soma cerca de R$ 1,5 bilhão em crédito verde. Os recursos foram direcionados para iniciativas ligadas a gestão de água, cogeração de energia, mitigação de emissão de GEEs e aumento da porcentagem de cana certificada.

A Tereos também investiu na construção de uma planta para produção de biogás na unidade Cruz Alta, em Olímpia (SP). Nesta safra, a planta fará a geração do biometano que irá abastecer caminhões da frota agrícola, reduzindo a dependência de combustíveis fósseis.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
Card image


x