Usinas

Raízen pede registro para abrir capital e vai emitir R$1bi em debêntures


novaCana.com - 19 jun 2013 - 11:15 - Última atualização em: 20 jun 2013 - 11:14

A Raízen Energia, maior produtora individual de açúcar e etanol de cana do mundo, entrou com um pedido para registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), segundo informação no site da autarquia nesta terça-feira.

A companhia também submeteu ao órgão regulador pedido de aval para fazer uma emissão de um bilhão de reais em debêntures, em operação que será coordenada pelos bancos Itaú BBA, Citi, HSBC, Santander e Bradesco BBI. 

Conforme informações do prospecto, a empresa pretende usar os recursos para reforçar o caixa e também para custear parte do seu programa de investimentos relativo ao ano-safra de 2013/14, tanto em sua área agrícola como em sua área industrial.

O processo será coordenado por Luis Claudio Rapparini Soares, diretor com Relações de Investidores da empresa.

A Raízen é uma joint venture entre a Shell e a Cosan que atua também na produção de bioenergia a partir de bagaço de cana, além da distribuição e comercialização de combustíveis.

A Raízen encerrou o ano fiscal 2013 com alta de quase 17 por cento na receita líquida, para 8,5 bilhões de reais.

De acordo com a perspectiva para a safra 2013/14, a Raízen deverá processar entre 59 milhões e 62 milhões de toneladas da matéria-prima. Se considerado o ponto mínimo da estimativa haverá expansão de 4,94% no volume na comparação com o ciclo anterior.

novaCana.com
Com informações da Reuters, Valor Econômico e Agência CMA