Usinas

Produtores de cana de GO vão acompanhar recuperação judicial do Grupo Farias


Agência Estado - 23 mai 2016 - 08:56

Cerca de 30 produtores rurais de Goiás recorreram à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faeg) em busca de orientações acerca do processo de recuperação judicial do Grupo Farias, de açúcar e etanol. Em encontro recente, decidiram estruturar uma associação de parceiros das usinas da empresa - composta por todos os credores interessados. O objetivo dessa associação será acompanhar o processo via profissionais a fim de respaldar os fornecedores na tomada de decisões importantes, informou a Faeg, por meio de nota.

O Grupo Farias, que abrange as usinas Vale Verde e Anicuns Álcool e Derivados, entrou com pedido de recuperação judicial no último dia 4 de maio e, tendo, desde então, 60 dias para apresentar um plano no qual descreva como pretende fazer os pagamentos aos credores e parceiros agrícolas nos municípios de Itapaci, Itapuranga e Anicuns. As dificuldades na companhia vêm desde 2013.

Segundo o presidente da Comissão de Cana-de-Açúcar da Faeg, Joaquim Sardinha, a Federação está de portas abertas para buscar a melhor forma de resolver a situação de inadimplência da indústria entre os produtores. "A Comissão vem se reunindo frequentemente, para discutir e buscar medidas para mitigar problemas de inadimplência por parte das usinas goianas em relação aos fornecedores de cana-de-açúcar e arrendantes de terra em Goiás", disse.

"A partir de agora vamos buscar no meio político o auxílio para resolver a questão das inadimplências. Isso ocorre não somente no setor canavieiro, mas em todas as áreas do agronegócio, pois há um peso das indústrias sobre os que produzem", afirmou o presidente da Comissão de Cana-de-Açúcar da Faeg, Joaquim Sardinha, no comunicado.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail