Usinas

Petrobras negocia venda de fatia na Guarani


Exame - 29 jun 2015 - 09:23 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

Dentro do programa de desinvestimento, a Petrobras bateu o martelo e está negociando a venda de sua fatia na Guarani, terceira maior produtora de açúcar do Brasil.

Segundo EXAME.com apurou, a Petrobras quer se desfazer de 42,9% de sua participação na Guarani, que é controlada pelos franceses da Tereos internacional. A Guarani tem seu patrimônio avaliado em 2,35 bilhões de reais.

A saída do negócio, no entanto, não será nada fácil para estatal.

Sem muita escolha no mercado, a Petrobras quer vender sua participação para a própria Tereos. Mas os franceses só oferecem 200 milhões de reais pela fatia.

O problema é que a estatal, através da Petrobras Biocombustível, já investiu cerca de 1,5 bilhão de reais desde 2010, quando anunciou a parceria no setor de cana-de-açúcar.

E, por contrato, a Petrobras ainda teria de investir mais 240 milhões de reais neste ano para aumentar sua participação para 45,7% na Guarani.

No vermelho

Nos últimos quatro anos, a Tereos internacional, que tem como seu principal ativo a Guarani, viu seu lucro diminuir drasticamente.

Saiu de 260 milhões de reais em 2010 para 33 milhões de reais em 2014.

Muito desse baixo desempenho da companhia controlada pelos franceses é explicado pela queda mundial do preço do açúcar, o controle dos preços dos combustíveis pelo governo e a recente desvalorização do real.

Procuradas, tanto a Petrobras como a Tereos disseram que não iriam comentar as informações.

Diogo Max