Usinas

Petrobras contrata Itaú BBA para venda de fatia na Guarani

Tereos está trabalhando com o Banco do Brasil como conselheiro no acordo. Petroleira investiu R$ 1,6 bilhões na Guarani para uma participação de 45,9%.


Bloomberg - 20 out 2016 - 10:17 - Última atualização em: 21 out 2016 - 08:38

Após anunciar que pretende deixar seus negócios no setor de etanol e biodiesel, a Petrobras agora contratou o Itaú BBA para auxiliá-la na venda de sua participação de 45,9% na companhia açucareira Guarani. As informações fornecidas à Bloomberg são creditadas a três pessoas com conhecimento direto do assunto.

À frente no processo de aquisição está a Tereos Internacional, que já possui 54,1% da Guarani, afirmaram as fontes, que pediram para não serem identificadas, uma vez que as negociações acontecem em sigilo. A Tereos, ainda de acordo com as fontes, trabalha em conjunto com o Banco do Brasil. Existe a possibilidade de que o negócio seja concluído ainda este ano.

A Petrobras, que atualmente é a companhia de petróleo mais endividada do mundo, está vendendo todas as suas unidades de biocombustíveis como parte de seu plano de desinvestimentos. Com o objetivo de focar na produção de petróleo, a companhia já vendeu mais de R$ 10 bilhões em ativos este ano. Além disso, segundo o presidente da Petrobras, Pedro Parente, o objetivo é atingir R$ 15,1 bilhões até o final de dezembro.

Petrobras, Tereos, Itaú BBA e Banco do Brasil não quiseram comentar a situação das negociações sobre a Guarani.

Capacidade de moagem

Entre 2010 e 2016, a Petrobras injetou R$ 1,6 bilhões na Guarani. A companhia, que é uma das maiores em capacidade de produção de açúcar no Brasil, tem sete usinas em São Paulo, com uma capacidade de moagem de 21,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra.

A atual capacidade representa um aumento de 20% na comparação com 2010, quando a Petrobras fez sua primeira injeção de capital.

Em outubro, Pedro Parente afirmou que a petroleira tem mais 30 projetos, com valor de mercado atingindo um potencial de US$ 40 bilhões.

Fabiana Batista, Cristiane Lucchesi e Sabrina Valle
Tradução e adaptação novaCana.com


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x