BASF
Usinas

Mesmo com menor qualidade da cana, Viralcool espera recordes na safra 2019/20


Viralcool - 09 out 2019 - 07:42

Com três usinas em São Paulo, o grupo Viralcool divulgou nesta segunda-feira (7) que suas estimativas de produção para a safra 2019/20 estão sendo alcançadas. Conforme comunicado, mais de 65% da matéria-prima já foi processada, gerando uma produção de 142,1 mil toneladas de açúcar e 63 milhões de litros de etanol.

“As previsões do mercado estão sendo confirmadas no decorrer da safra e os mixes estão voltados para produção de etanol, tornando a safra alcooleira”, observa o gerente industrial da Viralcool, Nadir Nascimento.

Porém, em comparação com os números de safras passadas, a Viralcool registrou um déficit no índice de Açúcar Total Recuperado (ATR) de mais de 10 kg de ATR por tonelada de cana-de-açúcar. “A maior retração na qualidade da matéria-prima leva a uma redução da produção. Portanto, prevemos que a safra 2019/20 não será a maior safra da unidade”, explica Nadir.

Em 2019, vários investimentos foram feitos pela usina, como a modificação no processo de extração com a eletrificação de dois ternos de moenda, a instalação de um gerador de 28 MW-h e a instalação de aparelho hidratado com capacidade nominal de 750 mil litros de etanol hidratado por dia.

Para Nadir, os frutos das modificações e melhorias vêm sendo colhidos no decorrer da safra. “A otimização do processo industrial, o aumento da capacidade de moagem e a produção de energia estão proporcionando resultados nunca antes obtidos, tais como recorde de moagem, produção de etanol, geração de vapor e exportação de energia”.