Usinas

Guarani (Tereos) deve moer 20 milhões de toneladas de cana em 2017/2018


Agência Estado - 09 dez 2016 - 07:47 - Última atualização em: 09 dez 2016 - 10:58

A Tereos informou nesta quinta-feira, 8, que as sete usinas da companhia devem processar 20 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2017/2018. Isso representa uma leve alta sobre o total de 19,8 milhões de toneladas na atual safra, que já foi encerrada.

"O total previsto de moagem é o meio entre o volume que pode ser excelente e o que apresentar uma perda", disse o diretor agrícola da companhia, Jaime Stupielo Júnior, durante o encontro de final de safra da Guarani, em Bebedouro (SP).

Segundo o executivo, a estimativa de moer 20,4 milhões de toneladas de cana na atual safra foi prejudicada por dois períodos de estiagem, em abril e setembro, além de geadas ocorridas no inverno, o que derrubou o volume processado. A moagem gerou uma produção de 1,6 milhão de toneladas de açúcar, 640 milhões de litros de etanol e 1030 GWh de energia elétrica cogerada.

O Açúcar Total Recuperável (ATR) por tonelada processada ficou em 135 quilos, segundo Stupiello, ante uma média de 130 kg/t de ATR de São Paulo. Ele explicou que a Guarani tem 40% de canavial próprio, cuja taxa de renovação deve chegar aos 20% para 2017/2018 enquanto os outros 60% são fornecedores, cuja renovação é menor, entre 13% e 14%.

"Realmente os fornecedores estão aproveitando os preços bons para renovar menos. Mas a companhia está incentivando o produtor, com ajuda do departamento de matérias-primas, a aumentar a renovação para poder ter uma melhor produtividade em 2018/2019", explicou.

Gustavo Porto


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x