BASF
Usinas

Atvos e Renuka finalizam plano de recuperação judicial


O Estado de S. Paulo - 05 ago 2019 - 07:44

Duas companhias do setor sucroenergético apresentarão, nas próximas duas semanas, planos de recuperação judicial.

A Atvos, do grupo Odebrecht, revelará amanhã como pretende renegociar a dívida estimada em R$ 12 bilhões. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco do Brasil têm, juntos, 66%, ou R$ 7,95 bilhões do total dos débitos.

Já a Renuka do Brasil elabora uma nova proposta, a ser entregue até setembro. A anterior não foi adiante porque fracassou a venda da usina Revati, em Brejo Alegre (SP). O recurso captado seria utilizado no pagamento de credores, de acordo com plano aprovado em agosto de 2018.

“O novo plano é necessário, pois a Revati não foi vendida. Não sabemos a diferença entre os planos porque ainda estamos em negociação junto a credores”, diz Manoel Bertone, presidente da Renuka do Brasil.

Enquanto isso, a companhia segue operando apenas a usina Madhu, em Promissão (SP).


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail