BASF
Usinas

ANP vai revisar cálculo do RenovaBio sobre emissões do biodiesel


BiodieselBR - 10 mai 2019 - 08:11 - Última atualização em: 11 jul 2019 - 15:45

A rota de produção usada como referência para calcular a quantidade de gases do efeito estufa emitidos pelas usinas de biodiesel inscritas no RenovaBio está “sob revisão”. A informação foi divulgada na tarde de ontem (8) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Alterações na forma como as emissões das usinas são calculadas pelo RenovaCalc podem impactar a quantidade de Créditos de Descarbonização (CBios) que os fabricantes de biodiesel poderão gerar e alterar o potencial de faturamento das usinas com o programa.

O anúncio, feito por meio da página da Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) no portal da ANP, é lacônico: “Atenção! A rota de produção do biodiesel está sob revisão. Favor aguardar a nova versão da RenovaCalc, a ser disponibilizada em breve”. Para tentar antecipar as mudanças, a BiodieselBR apurou junto a fontes com conhecimento do assunto que o processo de revisão atual diz respeito à forma como as emissões envolvidas o processamento da biomassa usada pelas usinas em seus processos produtivos vem sendo contabilizadas pela RenovaCalc.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

ou