Usinas

As 89 usinas e empresas de etanol multadas por descumprir a resolução 67/11

Informações inéditas obtidas por novaCana revelam o nome e o valor das multas aplicadas para cada uma das empresas que descumpriram a resolução 67/11


NovaCana - 26 jul 2016 - 10:36 - Última atualização em: 01 ago 2016 - 09:18

Com a entrada da ANP no setor de etanol, várias mudanças aconteceram. Uma delas veio com a resolução 67/11, que obrigou as usinas a comprovarem estoques de etanol anidro em janeiro e março de cada ano. O novaCana já mostrou quantas usinas descumpriram as regras, o volume estocado e os detalhes do funcionamento da resolução.

Desta vez são apresentados os nomes das empresas que foram multadas e o valor das multas de cada uma delas. Na lista de infratores obtida pelo portal há nomes como Copersucar, Raízen, USJ e Biosev. São ao todo 89 companhias que cometeram 142 infrações e receberam multas que somadas chegam a 2,76 milhões de reais. Desse total, pelo menos 41 unidades produtoras descumpriram a norma de duas a três vezes, reincidindo na violação.

O valor da multa para cada uma das empresas nos diferentes períodos de comprovação de estoques de etanol anidro — e as usinas reicidentes — está apresentado a seguir.

O objetivo da agência ao montar uma série de checkpoints obrigatórios para aqueles que comercializam anidro foi reduzir o risco de desabastecimento do biocombustível que é misturado à gasolina.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail



x