Indústria

Unica apoia manifesto contra PL sobre diesel em carros de passeio


Agência Estado - 15 jun 2016 - 08:12

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) anunciou nesta terça-feira, 14, que apoia o Manifesto Civil de Repúdio ao Projeto de Lei (PL) que libera a fabricação e a venda de carros de passeio a diesel no Brasil. Lançado na segunda-feira, 13, o manifesto, organizado pelo Observatório do Clima, foi enviado à Comissão Especial da Câmara que pode votar o PL ainda nesta semana.

Cinco ex-ministros do Meio Ambiente assinam o documento: Rubens Ricupero, José Carlos Carvalho, Marina Silva, Carlos Minc e Izabella Teixeira.

Conforme a Unica, os signatários consideram que o projeto é um "atentado" aos interesses da sociedade brasileira e deve ser arquivado, pois, caso aprovado, colocará o Brasil na "contramão da tendência mundial" de reduzir a poluição no setor de transportes.

Para alcançar as metas de redução de emissões de gás carbônico assinadas na COP 21, em Paris, o Brasil precisará dobrar sua produção de etanol até 2030. "Ao permitir a volta do diesel, além de prejudicar a saúde e o meio ambiente, o País também coloca em xeque seus objetivos sustentáveis perante o mundo todo", afirmou, em nota, o diretor executivo da Unica, Eduardo Leão.

A Unica acrescentou que, além das questões ambientais, a volta do diesel teria consequências negativas para a saúde das pessoas. Por fim, a entidade lembra que o Brasil é um importador de derivados de petróleo, especialmente de diesel, de modo que a medida poderia impactar na balança comercial.

Só em 2014, o País importou mais de 12 bilhões de litros (US$ 8,7 bilhões), afirmou a principal associação do setor de cana do País.

José Roberto Gomes

Tags: Unica Diesel

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail