PUBLICIDADE
renovacao renovacao
Indústria

Com uma fortuna de R$ 4,2 bilhões, Rubens Ometto, da Cosan, volta à lista de bilionários da Forbes


Jornal de Piracicaba - 22 mar 2017 - 09:17
imae intro
Rubens Ometto: a fortuna estimada do empresário é de US$ 1,4 bilhão (R$ 4,2 bilhões)

A recuperação do setor sucroenergético devolveu à lista de bilionários da revista americana Forbes o empresário piracicabano Rubens Ometto Silveira Mello, da Cosan, empresa que atua nas áreas de energia e infraestrutura.

Presente no levantamento desde 2013, o presidente do conselho de administração da companhia ficou fora no ano passado depois que a gigante do etanol perdeu cerca de 62% do valor de mercado na bolsa, ao longo de 2015.

A publicação estima a fortuna de Ometto em US$ 1,4 bilhão (R$ 4,2 bilhões na cotação de ontem) e o coloca em 35º lugar no ranking brasileiro, empatado com os empresários João Alves de Queiróz Filho, da Hypermarcas, e Lírio Parisotto, da Videolar- Innova).

Veja a lista completa dos bilionários brasileiros na Forbes ao final do texto

O empresário aparece entre a pessoa de número 1468 mais rica do mundo (ele está empatado com outros empresários). Ou seja, existem apenas 1467 pessoas em todo o planeta com mais dinheiro que Rubens Ometto.

Do ponto de vista estritamente financeiro, Ometto é 34º mais rico entre os brasileiros.

Além de fabricar açúcar e etanol e gerar energia elétrica a partir da cana-de-açúcar, a Cosan é acionista e controladora da Raízen, joint venture de combustíveis formada com a Shell, da Rumo Logística, empresa que assumiu o controle da ALL (América Latina Logística), uma das principais concessionárias de ferrovias do Brasil, e da Comgás, concessionária do serviço de gás natural encanado que atua em 177 municípios de São Paulo.

O grupo emprega hoje cerca de 30 mil pessoas. Segundo as demonstrações financeiras, o lucro líquido da companhia em 2016 foi de R$ 1,04 bilhão — crescimento de 78,6% em relação ao ano anterior.

Quando incluiu pela primeira vez o nome de Ometto em seu levantamento, a Forbes citou o empresário como um dos “10 bilionários verdes”, uma referência à produção de energia limpa.

Na época, o piracicabano era também o único da lista a enriquecer com etanol. Apesar da volta à lista, o patrimônio do presidente da Cosan ainda é menor do que em sua primeira citação. Em 2013, a revista americana estimou sua fortuna em US$ 2,5 bilhões.

Metodologia

Segundo a Forbes, o cálculo das fortunas dos personagens que integram seus rankings é feito com base nos valores das ações nas bolsas de valores e índices de câmbio globais. A revista afirma indivíduos em vez de famílias multigeracionais que dividem grandes fortunas, apesar de incluir patrimônios pertencentes aos cônjuges e filhos de um bilionário caso ele seja o responsável pela construção da riqueza.

A lista completa dos bilionários brasileiros:

lista bilionarios forbes 2017

Walter Duarte


PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x