Pesquisas

IFF inaugura laboratório focado em novas aplicações para o etanol de milho


IFF - 22 set 2022 - 10:54

A IFF, que atua com soluções para alimentos, bebidas, saúde, biociências e fragrâncias, anunciou na última segunda-feira, 19, a inauguração de um laboratório com recursos para o desenvolvimento de aplicações para biocombustíveis em seu centro de inovação no Brasil.

Na instalação, localizada em Barueri (SP), a IFF busca apoiar projetos de inovação que aumentem o rendimento, acelerem a fermentação, reduzam o consumo de energia e de produtos químicos e contribuam para inovações operacionais na indústria de etanol.

De acordo com a empresa, o centro de inovação é resultado de investimentos de US$ 15,8 milhões em novas capacidades na América Latina. Ele consolida a estrutura de inovação das divisões de saúde, biociências e nutrição, que anteriormente estavam em três locais diferentes do país.

“A instalação ultramoderna inclui laboratórios de pesquisa e aplicação focados no processamento de grãos para produção de biocombustíveis. Alinhado ao comprometimento da empresa com a sustentabilidade, o edifício é certificado LEED (Leadership in Energy & Environmental Design), um dos poucos edifícios em todo o país com esta certificação”, relata a IFF, em nota.

Ainda segundo a companhia, a produção de biocombustíveis na América Latina tem alto potencial de crescimento, principalmente no que se refere ao etanol de milho. A IFF cita a perspectiva de aumento de 31% na produção entre este ano e o próximo, feita pela União Nacional de Etanol de Milho (Unem).

“Para apoiar este crescimento, a IFF investe em inovação, apoio técnico e infraestrutura de abastecimento na região”, afirma a diretora de saúde e biociências para a América Latina, Deia Vilela. “Na América Latina, a IFF foi pioneira no mercado de leveduras geneticamente adaptadas para biocombustíveis e o centro de inovação reforça o compromisso da empresa em liderar o setor com investimentos em pesquisa e desenvolvimento”.

Ela ainda destaca que a IFF também possui uma planta localizada na Argentina, que agiliza o abastecimento da indústria de biocombustíveis na região.

Entre os equipamentos presentes no novo laboratório estão incubadoras e fermentadores que permitem à IFF reproduzir as condições de fermentação em diferentes escalas. O objetivo é que pesquisadores possam trabalhar em conjunto com clientes para desenvolver um plano de ação personalizado para atingir seus objetivos.

“O novo complexo potencializa ainda mais nossa abordagem de inovação centrada no cliente”, diz a líder regional de desenvolvimento de aplicações em processamento de grãos da IFF, Amanda de Souza. “Combinamos soluções, know-how técnico avançado e profundo conhecimento de mercado para enfrentar os desafios de curto, médio e longo prazo do setor de etanol, impulsionando ações para melhorar a vida das pessoas e do planeta”.

Para a indústria de etanol de milho, a IFF afirma reunir um portfólio de soluções de enzimas, leveduras e antimicrobianos para liquefação, sacarificação e fermentação, além de uma plataforma digital com um conjunto de ferramentas para análise estatística.

“A integração com outras equipes de pesquisa da IFF contribui para fortalecer o conhecimento multidisciplinar de biotecnologia que podemos levar aos nossos clientes em diferentes aspectos de seu ciclo produtivo, como apoiar o desenvolvimento de coprodutos de alta qualidade por meio da hidrolisação de leveduras para produção de ração animal com melhor digestibilidade e solubilidade”, diz Souza.


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x