Pesquisas

Embrapa, Abiogás e Unica fazem acordo para estudar impacto do biogás

Projeto com orçamento de R$ 105,86 mil envolve projeção de reflexos na cadeia sucroenergética e na emissão de créditos de descarbonização do RenovaBio


NovaCana - 27 jul 2021 - 10:50

Na última sexta-feira, 23, a Embrapa Meio Ambiente, a Associação Brasileira do Biogás e do Biometano (Abiogás) e a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) assinaram um acordo de cooperação técnica com o objetivo de desenvolver um estudo sobre o biogás.

Um extrato do documento foi publicado hoje, 27, no Diário Oficial da União. O acordo terá vigência de 12 meses e um valor global de R$ 105,86 mil, mas a fonte do recurso não foi divulgada.

Segundo o texto, as três entidades farão uma “integração de esforços” para a execução do estudo. O projeto envolve o desenvolvimento de cenários e a projeção do impacto do biogás na cadeia sucroenergética, além de seus reflexos na emissão de créditos de descarbonização (CBios) dentro do RenovaBio.

Para a formalização do acordo, a Embrapa foi representada pelo chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, Marcelo Augusto Morandi, e pelo chefe adjunto de pesquisa e desenvolvimento da mesma instituição, Rodrigo Mendes. Por sua vez, a Abiogás contou com seu presidente, Alessandro Marcello Gardemann, e seu vice-presidente, Gabriel Junqueira Kropsch. Já a participação da Unica foi firmada pelo diretor-presidente da entidade, Evandro Gussi.

Renata Bossle – NovaCana