Máquinas e equipamentos

Nova diretoria do Ceise Br toma posse e destaca desafios


Assessoria Reed Multiplus - 07 dez 2012 - 08:35 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

A diretoria do Ceise Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis) para o triênio 2013/2015, tomou posse na última sexta-feira (30) diante de um cenário prospectivo. Embora muitos obstáculos precisem ser ultrapassados e a crise superada, empresários e representantes do segmento vislumbram um futuro promissor para o setor sucroenergético. "O setor agrícola está aquecido, quem está ociosa é a indústria. O etanol é a solução para o Brasil. Muitos empresários da indústria de base não abastecem seus carros com etanol, é preciso dar exemplo para que a população passe a consumir o produto também. Se as empresas não derem exemplo, se não mudar o estilo, a cultura, não adianta", diz Antonio Eduardo Tonielo Filho, o novo presidente do Ceise Br.

Tonielo Filho assume o cargo que foi de Adézio Marques, a quem considera sábio por ter aberto portas com outras entidades como a UNICA, mudando a política do Ceise Br para caminharem juntas, em prol do setor. "O discurso unificado nos fortalece para revindicarmos medidas para toda a cadeia produtiva", afirma o novo presidente que é engenheiro agrônomo e pós-graduado em Administração de Empresas, é também Diretor do CIESP Sertãozinho (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) e das usinas Virálcool de Pitangueiras, e Santa Inês, de Sertãozinho.

"Sabemos que os desafios são muitos, mas o bom convívio e conhecimento no mercado da cana-de-açúcar farão o diferencial da administração do Tonielo Filho", assegura Fernando Barbosa, diretor da Reed Multiplus, parceira do Ceise Br e do Sindicato Rural de Sertãozinho, na realização da Fenasucro, a maior feira do setor sucroenergético do mundo, completando: "A nova diretoria do Ceise Br assume num momento também novo para a Fenasucro, que terá um formato diferente em 2013, com a setorização da exposição, novos acessos, nova circulação, áreas verdes e melhorias em infraestrutura, visando mais conforto aos visitantes e expositores". Segundo o executivo, o evento tem a expectativa de reunir mais de 500 empresas e de receber mais de 30 mil visitantes, em uma área de 60 mil m2, no Centro de Exposições Zanini, entre os dias 27 a 30 de agosto de 2013.

"A Fenasucro contribuiu ao longo das duas últimas décadas para a disseminação de tecnologia para a produção de cana, açúcar, etanol e energia. Queremos que a feira continue sendo palco para o fomento de novos negócios e crescimento do setor", diz Tonielo Filho, que recebeu o apoio do pai na nova missão. "O Tonho Tonielo tem um bom relacionamento com as empresas e entidades, como a Fiesp e a Unica, o que é importante para trazer novos sócios e o Ceise Br vai ganhar com isso, como Sertãozinho também", assegura o presidente de honra da Fenasucro, Antonio Tonielo.

Para Sérgio Prado, representante da unica na região de Ribeirão Preto, a unificação da mensagem em favor do setor é válida. "Estar junto nesta empreitada para a construção da política pública em favor do etanol é importante. O etanol precisa ser incentivado, é um produto benéfico para a sociedade, gera renda e emprego, é bom para todos, para o País", diz Prado. "Precisamos aumentar a oferta de cana. Recuperar com urgência a produtividade, que já foi de 85 toneladas por hectares e caiu na safra passada para 69 toneladas, devido principalmente, ao envelhecimento dos canaviais, aliado aos fatores climáticos. Depois precisa se pensar em ampliação e novas unidades", diz, lembrando que atualmente, existe uma capacidade ociosa de 140 milhões de toneladas e que devemos atingir o previsto nesta safra já que até novembro, a moagem ficou em 481,96 milhões de toneladas.

A nova diretoria do Ceise Br assume a administração da entidade em janeiro de 2013.

Tags: Outros

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail