Investimento

São Martinho continua negociação de compra da usina Santa Cruz


Valor Econômico - 10 dez 2012 - 16:24

O grupo São Martinho segue negociando a compra do controle da usina Santa Cruz com o controlador Luiz Ometto Participações, que detém 55,31% da unidade. Segundo o gerente de relações com investidores da São Martinho, Felipe Vicchiato, a expectativa é de concluir a negociação nos próximos 12 meses. A intenção é que a participação da São Martinho na usina Santa Cruz saia dos atuais 32,18% para 87,5%. "Somente com o controle conseguimos alcançar sinergias operacionais", afirma Vicchiato.

Em 2011,  empresa pagou R$ 55,5 milhões por 32,18% da usina e  outros R$ 131,9 milhões por 32,5% da agropecuária Boa Vista. A negociação em curso visa a troca das ações do controlador pelas terras adquiridas pela São Martinho com a aquisição da agropecuária. "São 8 mil hectares avaliados em R$ 20 mil o hectare", mencionou Vicchiato em reunião com investidores em São Paulo. Ele acrescentou, porém, que a avaliação do valor da usina e das terras ainda  está em curso.

A compra do controle da Santa Cruz, diz Vicchiato, significará adicionar 3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na moagem do grupo. Com isso, em 2014/15, a companhia alcançaria uma moagem de 19,5 milhões de toneladas de cana, já considerando ampliações das unidades São Martinho e Boa Vista, que somariam 2 milhões de toneladas adicionais ao processamento total do grupo. A companhia projeta que, se esse cenário se confirmar, atingirá em 2014/15 uma receita líquida de R$ 2,4 bilhões.

Fabiana Batista


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail