Investimento

Datagro: expansão do etanol trará mais concorrentes ao Brasil


Agência Estado - 19 mar 2013 - 15:36 - Última atualização em: 29 nov -1 - 20:53

O presidente da consultoria Datagro, Plínio Nastari, avalia que o Brasil terá fortes concorrentes no mercado de etanol ao longo dos próximos anos, em especial a União Europeia. Segundo ele, trata-se de um setor em franca expansão e deve atrair cada vez mais participantes.

'Até 2020, o consumo mundial de etanol pode passar dos 175 bilhões de litros'. Atualmente, a produção global gira em torno de 90 bilhões de litros. Dados da Datagro mostram que, em 2012, os Estados Unidos produziram 48 bilhões de litros de etanol, enquanto o Brasil e a União Europeia, 24,3 bilhões e 5,8 bilhões de litros, respectivamente.

Entre os motivos apontados para a expansão está a 'independência energética dos Estados Unidos', em relação aos combustíveis fósseis. Nastari refere-se ao Padrão de Combustíveis Renováveis (RFS, na sigla em inglês), que estipula o aumento gradativo do uso de biocombustíveis naquele país.