Usinas x resto da economia: desempenho dos grupos sucroenergéticos contra 25 setores

Média de indicadores das maiores companhias de açúcar e etanol deixa clara a prioridade do setor: recomposição financeira

Enquanto boa parte das empresas brasileiras viveu um 2016 repleto de apreensões – grandes denúncias, problemas econômicos e crise política –, o setor sucroenergético começou a enxergar uma luz no fim do túnel após anos de dificuldades financeiras. O bom momento para o açúcar no mercado internacional e o aquecimento da demanda por etanol indicavam que seria possível voltar a lucrar, ainda que não imediatamente.

Analisando os resultados financeiros das mil empresas de maior renda líquida do país é possível perceber que as empresas de açúcar e etanol estão preocupadas com uma recuperação financeira que se sustente no curto prazo. Tanto é que as empresas chegaram a registrar resultados acima da média quando se trata de giro do ativo e de cobertura de juros.

A seguir, confira o resultado das 34 maiores companhias sucroenergéticas em oito indicadores – receita líquida média, margem Ebitda, crescimento sustentável, rentabilidade patrimonial, margem da atividade, liquidez corrente, giro do ativo e cobertura de juros. Eles são apresentados em comparação com a média das mil maiores empresas do país e em relação a outros 24 setores.

25 setores 190917 receita liquidaBL

25 setores 190917 receita liquida varBL

25 setores 190917 cobertura jurosBL

25 setores 190917 cobertura juros varBL

25 setores 190917 crescimento sustentavelBL

25 setores 190917 crescimento sustentavel varBL

25 setores 190917 giro ativoBL

25 setores 190917 giro ativo varBL

25 setores 190917 liquidez correnteBL

25 setores 190917 liquidez corrente varBL

25 setores 190917 margem atividadeBL

25 setores 190917 margem atividade varBL

25 setores 190917 margem ebitdaBL

25 setores 190917 margem ebitda varBL

25 setores 190917 rentabilidade patrimonialBL

25 setores 190917 rentabilidade patrimonial varBL

O texto acima é apenas uma breve introdução. Para ver esta página completa clique aqui e assine.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

Etanol e Cana direto em seu email

Antes de sair, cadastre-se para receber as principais notícias do setor
Obrigado, não quero ficar informado.
Esqueci minha senha close modal