Financeiro

Tereos registra prejuízo de R$ 16 milhões no segundo trimestre da safra

Guarani aumentou em 32% receita com cogeração


novaCana.com - 12 nov 2014 - 16:00

A Tereos Internacional, grupo que no Brasil controla as usinas da Guarani, registou um prejuízo líquido de R$ 16 milhões no segundo trimestre (julho a setembro) da safra 2014/15. Em relação ao mesmo período da safra 2013/14, quando foi registrado lucro de R$ 9 milhões, a variação foi negativa em 277%.

“Estamos enfrentando um cenário desafiador, marcado pelo baixo nível de preços mundiais de açúcar, restrições enfrentadas pelo setor de etanol no Brasil e baixa demanda por amido e adoçantes na Europa”, justificou a companhia em apresentação ao mercado. Os negócios do grupo francês compreendem o processamento de cana-de-açúcar e a indústria de amidos no Brasil, na África e na Europa.

A receita do grupo caiu 10% no segundo trimestre comparado a igual período do ciclo anterior, passando de R$ 2,207 bilhões para R$ 1,988 bilhão. A companhia justificou que a diminuição reflete, principalmente, a queda nos preços dos produtos, em especial no segmento de amido e adoçantes, somada à ligeira redução dos volumes de açúcar vendidos no trimestre.

Na mesma base de comparação, o Ebitda ajustado encolheu 20%, para R$ 272,6 milhões, ante R$ 342 milhões. Já margem Ebitda passou de 15,5% para 13,7%.

A retração, segundo comunicado do grupo, se deu pelo desempenho mais fraco do negócio de cana-de-açúcar da Guarani. O negócio sucroenergético foi impactado por menores vendas de açúcar e maiores custos operacionais, reflexo da redução da moagem e mudança no mix. Por outro lado, a Tereos destaca que o segmento de etanol teve “bom desempenho”.

Leia mais:

- evolução da moagem trimestral e acumulado da safra

- resultado operacional da Guarani, com as vendas e a produção segregada por produto

- o aporte de capital da PBio que aumentou a participação societária no grupo


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR