PUBLICIDADE
ARMAC
Financeiro

Shree Renuka tem lucro 4.556% maior no 4º tri de 2015/16, de US$ 33 milhões


Agência Estado - 08 jun 2016 - 14:35

A indiana Shree Renuka Sugars, companhia produtora de açúcar e etanol com usinas na Índia e no Brasil, registrou lucro líquido de US$ 33,07 milhões (2,20 bilhões de rupias) no trimestre encerrado em 31 de março de 2016, equivalente ao 4º da safra 2015/16 no Centro-Sul do Brasil. O montante representa forte incremento de 4.556% ante igual período do ano anterior, quando a empresa havia reportado lucro líquido de US$ 646,42 mil (43 milhões de rupias).

No fechado da temporada, a Renuka viu seu prejuízo líquido diminuir 3,32%, para US$ 42,85 milhões (2,85 bilhões de rupias). Em termos consolidados, ou seja, incluindo-se as empresas vinculadas, a queda foi de 0,60%, para US$ 270,93 milhões (18,02 bilhões de rupias).

Com capital aberto na Bolsa de Mumbai, a companhia teve uma receita líquida de US$ 273,18 milhões (18,17 bilhões de rupias) no trimestre, aumento de 8% na comparação anual, e de US$ 880,84 milhões (58,62 bilhões de rupias) no ciclo (+2%).

O Ebit (lucro antes de juros e impostos) ficou positivo em US$ 10,49 milhões (698 milhões de rupias) de janeiro a março, avanço de 806% frente o de US$ 1,15 milhão (77 milhões de rupias) em igual intervalo de 2015.

A receita com açúcar aumentou 8% no trimestre, para US$ 219,81 milhões (14,62 bilhões de rupias), mas caiu 5% na safra, para US$ 632,08 milhões (42,04 bilhões de rupias). No caso do etanol, a receita no trimestre diminuiu 1,44%, para US$ 17,44 milhões (1,16 bilhão de rupias), mas avançou 47,5% no ano, para US$ 75,62 milhões (5,03 bilhões de rupias).

Por fim, a operação de trading da empresa teve uma receita 8,6% inferior no trimestre, de US$ 43,30 milhões (2,88 bilhões de rupias), mas 20,7% maior no ano, de US$ 187,18 milhões (12,45 bilhões de rupias).

A Shree Renuka Sugars tem quatro usinas no Brasil, duas em São Paulo e duas no Paraná, com capacidade total para moagem de mais de 10 milhões de toneladas de cana por safra. No início do mês, a Renuka - Vale do Ivaí, que administra as usinas São Pedro e Cambuí, ambas no Paraná, protocolou um novo plano de recuperação judicial, incluindo a provisão de recursos para amortizar a dívida de quase R$ 710 milhões.


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x