PUBLICIDADE
ARMAC
Financeiro

Risco de inadimplência em moeda estrangeira da Biosev permanece elevado


NovaCana - 09 mai 2017 - 10:54 - Última atualização em: 09 mai 2017 - 13:55

Em abril, a agência de classificação de risco Fitch afirmou os ratings de Probabilidade de Inadimplência do Emissor (IDRs - Issuer Default Ratings) da Biosev, considerada a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo. A avaliação indica a presença de significativo risco de crédito, porém, com a presença de uma pequena margem de segurança.

A companhia, assim como muitas empresas do setor, vive uma situação de endividamento delicada devido ao risco cambial, uma vez que grande parte de seus débitos está vinculada ao dólar.

Apesar de manter a classificação de risco, a perspectivas de ratings da companhia, que indica em qual direção um rating é provável de ser alterado, foi revisada de ‘estável’ para ‘negativa’ – o que indica possibilidade de rebaixamento.

A justificativa da mudança de perspectiva de rating inclui as análises de fluxo de caixa da companhia, do grau de alavancagem e de parcerias comerciais. Veja os detalhes na reportagem a seguir.

A Fitch projeta que a alavancagem líquida ajustada da Biosev deverá permanecer entre 5,0 vezes e 5,5 vezes nos próximos quatro exercícios fiscais. O alto grau de alavancagem representa maiores riscos para os investidores.


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x