PUBLICIDADE
ARMAC
Financeiro

Receita do setor de açúcar e bioenergia da Bunge cai 11,9%


Agência Estado - 29 abr 2016 - 08:13

A estratégia de carregar menos estoques de açúcar e etanol para comercialização na entressafra pesou sobre o desempenho deste segmento no balanço da Bunge, divulgado nesta quinta-feira, 28. As vendas líquidas de açúcar e bioenergia alcançaram US$ 658 milhões entre janeiro e março, montante 11,9% menor na comparação com os US$ 747 milhões de igual período do ano passado. Em volume, a queda foi de 13,2%, para 1,92 milhão de toneladas.

"Os resultados vieram dentro do que esperávamos e abaixo dos do ano passado, principalmente por causa das menores vendas de açúcar e etanol, resultantes da nossa decisão comercial de carregar menos estoques", informou a Bunge, em comunicado pela divulgação dos resultados. A gigante norte-americana reportou mais cedo lucro líquido de US$ 222 milhões nos três primeiros meses de 2016, queda de 10,8% na comparação anual.

A Bunge lembrou, ainda, que o início do ano compreende a entressafra de cana no Centro-Sul do País. É geralmente nessa época que muitas empresas comercializam seus estoques para tirar proveito das cotações sazonalmente mais altas. Só que a disparada nas cotações tanto do açúcar quanto do etanol em 2015 estimulou as vendas ainda no ano passado, resultando em reservas menores para negociação agora.

A Bunge opera oito usinas no Brasil, nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Tocantins e Mato Grosso do Sul. Juntas, elas têm capacidade combinada para processar 21 milhões de toneladas de cana por safra.

José Roberto Gomes


PUBLICIDADE FMC_VERIMARK_INTERNO FMC_VERIMARK_INTERNO

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x