Financeiro

Raízen Energia aprova aumento de capital social para R$ 19,53 bilhões


Agência Estado - 04 out 2022 - 09:01

Os acionistas da Raízen Energia aprovaram em assembleia geral extraordinária (AGE) o aumento do capital social da companhia, dos atuais R$ 11,77 bilhões para R$ 19,53 bilhões.

O aumento efetivo de R$ 7,76 bilhões será feito por meio da emissão de 7,47 bilhões de novas ações ordinárias, ao preço de R$ 1,04 por ação. Desta forma, o capital social totaliza 20,59 bilhões de ações ordinárias nominativas e sem valor nominal.

As novas ações foram subscritas e integralizadas pela acionista Raízen S.A. mediante contribuição do acervo contribuído, que foi avaliado em R$ 7,76 bilhões e corresponde ao valor do investimento detido pela Raízen na Biosev.

Segundo a ata da assembleia, a reorganização consolida todos os investimentos em ativos do segmento de renováveis e açúcar em uma única entidade investida pela Raízen (Raízen Energia).

“O objetivo é a otimização da gestão dos ativos relacionados à produção de açúcar, etanol e energia do grupo econômico da companhia, resultando na melhor organização dos processos e reportes envolvendo as atividades mencionadas, inclusive, mas não se limitando, ao fechamento contábil, gestão de dados gerenciais, futuras captações de financiamentos e comunicações com o mercado”, afirma o documento.

Marcia Furlan

Tags: Raízen

PUBLICIDADE BASF_NOV_INTERNAS BASF_NOV_INTERNAS

Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail

PUBLICIDADE
STOLLER
x