BASF
Financeiro

Raízen apresenta “tom otimista” nas projeções para a safra 2019/20, diz BTG Pactual

Analistas do banco participaram de evento da Cosan com investidores e compararam estimativas da companhia com as do próprio BTG


novaCana.com - 22 mar 2019 - 10:36

As projeções de Ebitda, investimento e moagem da Raízen Energia para a safra 2019/20, divulgadas na última terça-feira (19) durante o evento Cosan Day, foram bem recebidas pelos analistas do BTG Pactual. Em relatório assinado por Thiago Duarte e Pedro Soares, o banco reforça que a companhia controladora estimou resultados superiores às suas próprias previsões.

“A Cosan aproveitou a oportunidade para divulgar sua projeção para 2019 com números acima de nossas estimativas em todos os segmentos”, afirma o documento, que continua: “O Capex voltou a ser superior às nossas expectativas nas unidades de distribuição de combustível e gás, refletindo possíveis ofertas portuárias a serem feitas durante o ano (o que não foi considerado em nosso número) e a revisão tarifária da Comgás”.

Ainda de acordo com os analistas, a mensagem anual da companhia repete o que já foi abordado em anos anteriores, com foco na execução e na geração de caixa. Em relação especificamente à Raízen Energia, empresa do grupo que produz açúcar e etanol, o BTG relata um “tom otimista”.

“O forte Ebitda da Raízen Energia, de R$ 3,6 bilhões [valor médio da projeção para 2019/20], foi uma surpresa para nós e expressa a visão da empresa sobre preços estáveis de etanol e preços de açúcar em, aproximadamente, R$ 0,55/libra-peso”, apontam, em relatório.

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

ou