BASF
Financeiro

Com perda de R$ 1,5 bi em 2018/19, Atvos, da Odebrecht, volta a registrar prejuízo


novaCana.com - 06 ago 2019 - 09:51

Desde a aquisição da ETH Bioenergia pela Odebrecht, na safra 2012/13, os resultados líquidos da companhia apresentaram um prejuízo acumulado de R$ 6,09 bilhões, uma média de R$ 870,9 milhões por safra. Com esse desempenho – e uma dívida de R$ 10,48 bilhões com empréstimos e financiamentos –, a Atvos encontrou dificuldades em negociar seus débitos com instituições como Banco do Brasil e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A situação acabou resultando no pedido de recuperação judicial da companhia.

Em 2018/19, a antiga Odebrecht Agroindustrial apresentou perdas de 1,47 bilhões, revertendo o lucro líquido de R$ 493,7 milhões registrado na temporada anterior. Os valores foram divulgados no mais recente balanço financeiro da companhia.

Ainda de acordo com a Atvos, a safra foi marcada por uma “acentuada volatilidade” nos preços de etanol e açúcar. “O fator positivo foi o elevado consumo do etanol no Brasil, com crescimento de 18% em relação à safra 2017/18”, aponta.

Porém, a empresa teria sido prejudicada pela greve dos caminhoneiros, ocorrida em maio, que “impactou significativamente” as operações agroindustriais e, consequentemente, o fluxo de caixa. Para completar, intempéries climáticas – com períodos de estiagem e chuvas excessivas –, levaram a uma perda de produtividade.

Conforme os números apresentados, os canaviais da Atvos registraram uma produtividade média de 64,9 t/ha, o que representa uma queda de 0,6% ante as 65,3 t/ha vistas em 2017/18. No total, a companhia registrou uma moagem de 26,67 milhões de toneladas – ainda que isso represente um crescimento de 3,2% em relação à safra anterior, o valor ficou distante da perspectiva de 29,3 milhões de toneladas, divulgada há um ano.


Leia mais:

- Histórico do desempenho operacional da companhia: lucro bruto, receitas e custos
- Volumes produzidos e comercializados na safra 2018/19
- Perfil das dívidas da Atvos e negociações com credores

exclusivo assinantes

O texto completo desta página
está disponível apenas aos assinantes do site

veja como é fácil e rápido assinar

ou


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail