BASF
Financeiro

Negociação com credores da GVO trava em discussão sobre equity


Agência Estado - 04 abr 2017 - 08:55

As negociações do Grupo Virgolino de Oliveira (GVO) com os detentores de títulos de dívida externa (bonds), que já duram mais de dois anos, estão empacadas na troca dos papéis por ações.

A companhia sucroalcooleira quer aplicar uma redução de 50% na dívida de US$ 1 bilhão, incluindo juros acumulados. Em troca, os bondholders pedem 60% das ações da empresa, que resiste em aceitar.


Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail