Financeiro

Moagem e lucro da Adecoagro caem no 3º trimestre da safra 2017/18

Empresa alega que chuvas em excesso prejudicaram a produção de sua divisão canavieira


novaCana.com - 17 abr 2018 - 09:48

Nem só para produzir cana-de-açúcar, etanol e energia opera a Adecoagro – a empresa também atua na produção de grãos e lácteos na Argentina e no Uruguai. Mas, no Brasil, a produção sucroenergética é o carro-chefe do grupo.

Uma característica da companhia é que, diferente da grande parte das usinas brasileiras, a Adecoagro procura não cessar a moagem no período de entressafra. Com o sistema de colheita contínua, implantado em 2016, a empresa afirma que é possível seguir com a moagem graças às diferenças climáticas no cluster de usinas localizadas em Mato Grosso do Sul.

Mas o clima acabou afetando os resultados da companhia mesmo antes do período de parada das usinas do Centro-Sul. Recentemente, o grupo, com três usinas em operação no Brasil, divulgou o resultado financeiro do terceiro trimestre da safra 2017/18 (último trimestre de 2017), encerrado em 31 de dezembro, juntamente com o acumulado de 2017.

O lucro líquido da Adecoagro no trimestre – incluindo todos os segmentos de atuação – foi de US$ 4,9 milhões. O resultado impulsionou o lucro líquido acumulado para US$ 11,7 milhões em 2017, acima dos US$ 3,7 milhões do ano anterior.

Por outro lado, no setor sucroenergético, o resultado não foi tão favorável à Adecoagro.
Confira o porquê, além de informações e gráficos sobre:

- Produção da Adecoagro no setor sucroenergético
- Desempenho financeiro no Brasil
- Ebitda e margem Ebitda
- Dívidas da companhia
- Investimentos


EXCLUSIVO ASSINANTES

O texto completo desta página está
disponível apenas aos assinantes do site!

VEJA COMO É FÁCIL E RÁPIDO ASSINAR



Acompanhe as notícias do setor

Assine nosso boletim

account_box
mail